Os papelões hidráulicos são indicados para fabricação de juntas de vedação nos mais variados segmentos industriais, utilizadas em flanges de tubulação ou de equipamentos.

São fabricados a base de diferentes fibras, cargas reforçantes e outros materiais estáveis a altas temperaturas, ligados com elastômeros através de processo diferenciado de mistura e calandragem. Os rígidos critérios dimensionais e de qualidade construtiva, utilizados em sua fabricação, lhes
conferem características distintas segundo a fibra e elastômeros utilizados em sua composição.

Os papelões hidráulicos  são comercializados em folhas de 1500 mm por 1600 mm. Sob encomenda, podem ser fornecidos em folhas de 1500 mm por 3200 mm. Alguns materiais também podem ser fabricados em folhas de 3000 mm por 3200 mm.

• COMPRESSIBILIDADE E RECUPERAÇÃO:

Medida de acordo com a norma ASTM F36 A, é a redução de espessura do material, quando submetido a uma carga de 5000 psi (34.5 MPa) expressa como uma porcentagem da espessura original. Recuperação é a retomada da espessura quando a carga sobre o material é retirada, expressa como porcentagem da espessura comprimida. Compressibilidade indica a capacidade do material de se acomodar às imperfeições dos flanges. Quanto maior a compressibilidade, mais facilmente o material preenche as irregularidades. A recuperação indica a capacidade do material em absorver os efeitos das variações de pressão e temperatura.

• SELABILIDADE:
Medida de acordo com a norma ASTM F37, indica a capacidade de vedar, sob condições controladas de laboratório, o isoctano, à pressão de 1atm e carga do flange variando de 125 psi (0.86 MPa) a 4000 psi (27.58 MPa).